Ingredientes:

  • 200 gramas de couve
  • 1 colher de sopa gengibre ralado
  • Suco de 1 limão
  • Sal marinho com ervas a gosto
  • 2 colheres de sopa cheia de azeite de oliva

Os alimentos desidratados são resultado de uma técnica milenar utilizada para conservação. Funciona assim: tanto a desidratação quanto a secagem é realizada, primeiro, com o aumento da temperatura do produto, o que força a evaporação da água contida em sua composição. Quando isso ocorre, a umidade evaporada é removida graças à circulação do ar.

Entre as principais vantagens de frutas, verduras e legumes desidratados estão a grande redução de peso e volume dos mesmos, a facilidade de transporte e armazenamento – pois não necessitam de refrigeração.

Poder concentrado

A pectina – encontrada nas frutas, nos vegetais, nos farelos de aveia e nas leguminosas – é preservada na desidratação e é uma importante aliada na dieta porque, em contato com o organismo, se transforma em um gel que dificulta a absorção de carboidratos e, conseqüentemente, de açúcares. “Alguns nutrientes dos alimentos podem até ser potencializados durante o processo de desidratação”

Benefícios da couve

https://kfofinho.files.wordpress.com/2014/02/couve-e-seus-beneficios-27022014.jpg

couve_desidratada

Video Receita: Couve desidratada com gengibre

Deixe seu comentário e me ajude a divulgar no Facebook! Obrigada minha gente!!!!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *